Sessão de apresentação do projeto ERASMUS + CP Early Intervention

No próximo dia 23 de julho entre as 09:00 e as 12:00 irá decorrer a sessão de apresentação do projeto e da formação ERASMUS + CP Early Intervention. A sessão será online e as inscrições são gratuitas através do link https://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx…
ou diretamente via email para cpearlyintervention@apcb.pt enviando os seus dados pessoais (nome e e-mail) com a referência #cpearlyintervention. A ação é aberta a organizações que trabalhem em outras áreas e que tenham interesse em explorar as ferramentas. 

Este projeto realizado em parceria com várias instituições congéneres europeias tem como objetivo a criação de uma plataforma de formação para profissionais, famílias de crianças com necessidades educativas especiais e pessoas com Paralisia Cerebral sob o tema da promoção de competências para a implementação das práticas centradas na família junto de profissionais, famílias e adultos com Paralisia Cerebral e tem como objetivos:
  • Promover o empowerment das famílias;
  • Providenciar linhas orientadoras e ferramentas para apoiar na implementação das práticas centradas na família na Paralisia Cerebral;
  • Fortalecer as redes de apoio informal e promover a colaboração entre as mesmas redes;
  • Incluir Adultos com Paralisia Cerebral como parte das redes de apoio informal, promovendo a sua formação base como potenciais apoios informais de famílias com crianças com Paralisia Cerebral.
Contamos com a sua participação! Inscreva-se!

Projeto Erasmus+ CP Early Intervention


O Projeto ERASMUS + desenvolvido pela APCB em conjunto com um consórcio multinacional (Espanha: AVAPACE; Croácia: HURT; Itália: Il Cherchio e Portugal: APCB) que atuam no campo da Paralisia Cerebral, apoiados por 2 parceiros internacionais que atuam como referências no campo da Intervenção Precoce (Eurlyaid) e da acessibilidade digital (DaaS Group) concluiu o primeiro ano!

Em setembro de 2019, foi realizada a 3ª reunião transnacional na bela cidade de Viterbo, na Itália, casa da IL Cerchio. Na reunião, discutiram-se questões relacionadas com os conteúdos do programa de formação decorrentes das sessões de co-criação com os pais, profissionais e pessoas com PC de todos os países que fazem parte do consórcio e estabeleceram-se os outputs dos materiais de treinamento, bem como os conceitos teóricos constantes do programa de formação previsto.


Ainda, no âmbito das parcerias da APCB, foi desenvolvida em novembro uma ação de disseminação do projeto com profissionais e estudantes de Licenciatura, Mestrado e doutoramento, membros do GUIA - Grupo Universitária de Investigação em Auto-Regulação da Escola de Psicologia da Universidade do Minho. Nesta sessão discutiu-se com os participantes como o projeto se desenvolveu, os resultados esperados, bem como a importância da formação dos profissionais em práticas centradas na família.


The ERASMUS + Project developed by APCB with a multinational consortium (Spain: AVAPACE, Croatia: HURT, Italy: Il Cherchio and Portugal: APCB) working in the field of Cerebral Palsy, supported by 2 international partners who act as references in the field of Early Intervention (Eurlyaid) and digital accessibility (DaaS Group)  completed is first year!

In September 2019, the 3rd transnational meeting was held in the beautiful city of Viterbo, Italy, home of IL Cerchio. In the meeting all participants discussed questions related to the teaching guide follow-on the co-creation sessions with parents, professionals and people with CP from all countries that are part of the consortium and established the outputs for the training materials and theoretical concepts for the training course.



Within the scope of APCB's partnerships, a project dissemination action was developed in November with professionals and undergraduate and PhD students who are members of GUIA - University Research Group on Self-Regulation at the School of Psychology of the University of Minho. This session discussed with participants how the project developed and the results expected, as well as the importance of training professionals in family-centered practices.

Parceiros/Partners:

Corpos Sociais APCB - 2019/2023

Tomaram posse no passado dia 31 de outubro de 2019 os novos Corpos Sociais da APCB para o quadriénio 2019/2023, na sequência do processo eleitoral de 12 de outubro de 2019, cuja lista única foi eleita com 26 votos a favor, 0 nulos e 0 em branco.

Mesa da Assembleia Geral
Presidente - António de Araújo Almeida
1º Secretário - António Jorge Fernandes Roleira
2º Secretário - Carlos Miguel Tinoco Fernandes Sampaio

Direção
Presidente - Luís Alberto Barbosa Gonçalves
Vice-Presidente - Victor José Ferreira Martins
Secretário - Rui Pedro de Lima Valença Pinto
Tesoureiro - João Ferreira da Cunha
Vogal - Maria Joana Valente de Almeida de Eça Gil
Vogal - Joaquim Rodrigues Soares
Vogal - Maria Rita Alcântara Soares

Conselho Fiscal
Presidente - Luís Filipe Leite Pimentel
Vogal - Vasco Costa Lopes
Vogal - Antonino Rui Pires Lages

Projeto Erasmus+ "VET for EI"

Decorreu na passada semana de 13 a 18 de outubro de 2019 em Istambul (Turquia), nas instalações da Cerebral Palsy Türkyie (entidade organizadora), a última reunião transnacional do projeto Erasmus+ “VET for EI” em que a APCB é membro integrante. O objetivo geral do projeto é a criação de um currículo de formação em Intervenção Precoce para Fisioterapeutas, que após conclusão será disponibilizado gratuitamente no site do projeto (vetforei.eu) para acesso a todos os interessados via plataforma Moodle.

A semana contou com a realização do evento piloto do curso (dias 13 a 15), em que, presencialmente com os formadores do projeto, um conjunto internacional de Fisioterapeutas teve a oportunidade de receber os conteúdos do protótipo do curso, e tecer recomendações para melhorias do mesmo. Os dias seguintes (16 e 17) foram de reuniões entre os formadores do projeto, para revisão final do protótipo do curso e planificação de ações para o encerramento do projeto no final de novembro de 2019. No dia 18 de outubro decorreu o simpósio de encerramento do projeto, que contou com a presença de mais de 200 participantes nas instalações da Cerebral Palsy Türkyie, bem como de entidades governamentais responsáveis pelo desenvolvimento de respostas de Intervenção Precoce na Turquia.

Durante os dois anos do projeto, o departamento de Fisioterapia da APCB participou com todos os seus elementos, integrando os diversos eventos nas cidades de Istambul, Birmingham, Braga e Ancara. Esta participação permitiu que os seus conhecimentos e recomendações pudessem ser utilizados para melhoria dos conteúdos dos módulos, bem como para instituir uma atmosfera de partilha e crescimento profissional em conjunto com os diversos Fisioterapeutas internacionais envolvidos, restantes académicos e profissionais.

As entidades membro do projeto são a Cerebral Palsy Türkyie (Turquia), Universidade do Minho (Portugal), Eurlyaid (Luxemburgo), Praxis Europe (Reino Unido), Universidade de Gazi (Turquia), APCB (Portugal) e o Ministério da Família, Emprego e Serviços Sociais (Turquia).

No evento de encerramento em Istambul, a equipa da APCB do projeto contou com a presença dos fisioterapeutas Raquel Abreu, Daniela Araújo, Sónia Machado e Pedro Alves, bem como do assistente social Luís Dias. A fisioterapeuta Joana Silva participou na equipa presente no evento de Birmingham.

Aquando da publicação da versão final do curso, os conteúdos serão divulgados para formação e consulta dos interessados.


Paralisia Cerebral: guidelines para pais e educadores

O manual “Paralisia Cerebral: guidelines para pais e educadores” surge no âmbito do Projeto InclusivaMENTE da APCB, nascido ao abrigo do concurso Educação Especial do ano 2015 promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian. O projeto pretendeu contribuir para a tomada de decisão informada e coordenada de todos os envolvidos no trabalho com estas crianças, tendo sido desenvolvido um programa de formação e com base num modelo de colaboração entre pais/cuidadores e profissionais que trabalham/cuidam de crianças com Paralisia Cerebral e outros síndromes neuromotores. Este manual comporta as linhas orientadoras para a intervenção com esta população, resumindo das ações de formação, as linhas orientadoras para as boas práticas na intervenção educativa.